Dia internacional da mulher, dia 8 de março

Em 1975, no dia 8 de março, foi instituído o Dia internacional da mulher pelas Nações Unidas.

Dia internacional da mulher

A data é comemorada em mais de 100 países. A data está próxima, e é bem proposital falar sobre isso. É legal termos uma data para nós, mas por que uma data para o dia da mulher? Isto não nos discrimina mais? Afinal os homens não tem uma data para eles.Sabemos que tivemos que lutar por muitas coisas, das quais quais não tínhamos direito, como o voto. O primeiro país a dar o direito de voto para as mulheres foi a Nova Zelândia, em novembro de 1893.

O movimento sufragista, que conseguiu através de grande luta, o direito de voto feminino,foi mais intenso na Europa e Estados Unidos, mas teve repercussão mundial, aconteceu à partir de 1897, no Brasil o direito, veio em 1932,e creiam ,na Arábia saudita,só em 2015.

Outros direitos, ou melhor, situações de leis e preconceitos, colocaram a mulher sempre pré julgada, como por exemplo,só em 2002, leis do código civil, foram mudadas em relação ao casamento.

O código civil colocava o homem como responsável pela família, onde o casamento poderia ser anulado por ele, se por acaso descobrisse que a mulher não tivesse casado virgem, e a família dela poderia deserdá-la pelo mesmo motivo. Situações totalmente inaceitáveis, incompatíveis com nossos tempos.

A pílula anticoncepcional começou a ser vendida no Brasil, em 1962, o divórcio só em 1977, e primeira delegacia da mulher em 1985. Todas grandes conquistas, mas como podemos ver, bem recentes. Ainda temos situações a conquistar, como igualdade salarial em ocupações iguais, maior representatividade feminina em cargos de liderança e governamentais.

Muito conquistamos e muito conquistaremos, e pretendo aqui abrir portas para nos conhecermos, como mães, mulheres, profissionais que somos. Vamos poder falar de tudo o que precisamos e tentar ajudar umas às outras!

Esse mês, vamos ter muito á falar e comemorar!