Apresentação

Sou temporã de uma família com mais 2 filhos, e acho que isso é muito importante e faz parte do que eu sou e vivi na infância e adolescência. O convívio com adultos nessas fases, me desenvolveram e amadureceram muito cedo. Só vivi minha idade real, juventude, com leveza, quando namorei e casei com meu amor!Minha primeira formação, foi na PUC, Fonoaudiologia, carreira escolhida, muito provavelmente pela expectativa familiar, mas foram anos bem legais, em que aprendi muito sobre aceitação do outro, possibilidades e me apropriando da frase “De perto ninguém é Normal”! me empenhei muito na Fonoaudiologia, como me empenho sempre no que me proponho a fazer.

Enfrento situações que me parecem aterrorizadoras; mas tenho sempre coragem para isso, e nessa força vou me reinventando. Precisei de muita coragem para sair da Pós Graduação, deixar o Consultório e ingressar em outra empreitada. Romper com a Fono não foi fácil, era romper com expectativas familiares, acadêmicas e culturais, aquele cotidiano estudantil de que sempre fui movida à viver.

A Moda sempre participou da minha vida, sempre gostei, na faculdade, nas brincadeiras de final de ano, rotulávamo-nos umas ás outras, e a mais elegante, sempre me cabia, pois já gostava de peças diferentes, com estilo.

Em final dos anos 80, já com 2 filhos, início dos 90, anos difíceis no país, econômica e politicamente, um caos, para quem iniciava uma nova empreitada, comercialmente falando, nasce minha loja multimarcas.

Dentro desse panorama, comecei minha pequena butique fechada, na casa onde, outrora abrigava meu consultório. Fiquei por muitos anos, aproximadamente 25 anos, na Rua Bandeira Paulista, 968, quase esquina com a Av. JK, e muitas de vocês, leitoras, tenho certeza, paravam nesse farol e tinham a minha vitrine como entretenimento.

O lugar me acolheu por todo esse tempo, até que o crescimento do bairro, me expulsou de onde fui muito completa. Vendi minha casinha à uma incorporadora, que pretendia fazer um prédio, naquela localidade privilegiada. Não só crescimento do bairro me moveu sair dali. Mas, o trabalho que sempre foi se transformando…

Da loja multimarcas, a experiência no atendimento de clientes, comecei a confeccionar peças que complementavam as coleções que recebia, e que de certa forma, traziam meu DNA para a loja.
O Itaim, como todos sabem, foi o berço do atacado de moda feminina por muitos anos, e lá então tínhamos o atacado que abastecia em sua maior parte pequenas butiques do interior de SP e outros estados, e o varejo. Convivendo em andares distintos. Houve também uma loja linda da marca Daisy Gouveia, na Mário Ferraz, do lado da Helena Mottin, de varejo.

Através do atacado, comecei a desenvolver e produzir coleções para grandes marcas; e aí espaço maior e mão de obra me conduziram à mudança!

“A mudança” – Foi sofrida! Saí do contato direto do varejo, o que me dava saudade, mas foi necessária, sempre no movimento da atualização, as formas de loja, as vendas, e até o atendimento, não eram os mesmos.

Sempre no meu curso de trabalho, minha marca, que leva meu nome, esteve presente. Mas nessa mudança ela se perdeu, pelo espaço, pela forma de atendimento e ficou algum tempo, stand by, sendo vendida através de outros, e não por mim. A mudança para um bairro mais distante, mais adequado ao atendimento dos clientes grandes, me fizeram pensar e mais uma vez me reinventar!
Lendo uma revista semanal, me deparei, com uma reportagem sobre uma pessoa que estava vendendo sapatos, na malinha delivery, a pessoa deixava os modelos na casa da cliente, na numeração correta, e a cliente fazia sua compra, experimentando e ficando com o que tivesse agradado, e sozinha! Achei genial a ideia! Pedi a Malinha, claro! Mas fiz alguns pedidos que não foram atendidos.

Cores, Modelos. Quando abri a malinha achei desorganizada, não achei preços, não me encontrei. Achei que a ideia era maravilhosa, mas a logística à desejar. Me apropriei da ideia! Pensei, vou poder estar perto das minhas clientes, estando longe!

E essa foi a forma com que voltei a trabalhar mais intensamente com a marca. Isso aconteceu há mais ou menos 7 ou 8 anos, fui das pioneiras a trabalhar com essa distribuição, que hoje é muito aceita no mercado. Mas tenho certeza, que nosso atendimento e pós venda ainda são inovadores!

Nossa Malinha – funciona a principio como outras no mercado, através de um cadastro, onde dados pessoais, preferências e restrições em relação a cores e modelos, podem ser mencionadas, e assim montamos looks no tamanho da cliente, com as informações que recebemos. A partir daí, damos suporte, no WhatsApp para entrega de peças complementares, ajustes e barras, que retiramos para fazer e reentregamos, sem custo, o que nos diferencia de todas! Essa, além da nossa coleção, qualidade e preço justo, são nossos diferenciais. Essa é nossa melhor forma de atender. Mas os bazares, nos proporcionam a possibilidade do contato real, e não virtual, e nos aproxima mais. Estar perto foi sempre minha opção e preferência, por isso o Blog Entre amigas vai fazer esse elo.

2 comentários sobre “Apresentação